O e-mail é uma forma de comunicação digital muito importante para todo e qualquer negócio ou trabalhador independente que deseja se posicionar na internet. Neste artigo, daremos algumas dicas de como pode-se criar uma lista de emails com sua marca, negócio ou atividade como freelancer.

A importância do email marketing não é afirmada apenas pelos especialistas e empreendedores; são também os números: mais de 3.8 mil milhões das pessoas ao redor do mundo utilizam o e-mail. 

Isso abre imensas portas para uma nova forma de comunicação externa das empresas, mas também dos trabalhadores remotos e independentes. O email marketing é uma das estratégias mais promissoras dentro do mundo digital. 

Neste artigo, abordaremos o conceito de e-mail marketing, procurando evidenciar as suas vantagens e benefícios em relação a outras estratégias.

No que consiste o e-mail marketing?

O e-mail marketing é caracterizado pela ação de enviar mensagens para as pessoas através dos seus endereços de e-mail.

Essa estratégia de marketing digital é uma forma vibrante e poderosa de te conectar com as pessoas. Afinal, praticamente todo mundo que conhecemos possui um endereço de e-mail.

Mas outra característica que define o e-mail marketing é o seu modo bastante pessoal de alcançar determinados consumidores. É dentro das caixas de entrada de e-mail que é possível encontrar mensagens de amigos e família juntamente com relatórios do trabalho. 

Pensando nessa questão, eis a primeira dica: o e-mail marketing não pode agir da mesma forma que um anúncio comercial. Os emails que forem enviados para potenciais clientes devem ser discretos e íntimos, quase como se fossem escritos por um amigo.

Por essa razão, o ele funciona melhor quando é personalizado e criado quase de forma exclusiva para uma determinada pessoa. Contudo, para ser interessante, as mensagens que você enviar para a sua lista precisam mostrar assuntos realmente relevantes para as pessoas que vão ler. É fundamental ter qualidade acima de tudo!

Um dos motivos pelos quais o e-mail marketing é, por vezes, “mal visto” é o spam. Isso acontece quando se compra listas de emails de outros sites e se passa a enviar mensagens para pessoas desconhecidas. Para evitar isso e ter uma alta taxa de conversão com a sua estratégia, é essencial que você construa a sua própria lista de e-mail.

Quando se compra lista de emails, para além das mensagens a serem enviadas sem respeito pelo espaço pessoal, muito dificilmente alguém que possui carro irá se interessar pelo e-mail de uma empresa de reboque moto. Portanto, o e-mail marketing é, acima de tudo, direcionado.

O que pode ser dito no e-mail marketing?

Como foi informado anteriormente, o e-mail marketing não deve ser utilizado para qualquer público que se veja pela frente. Ele precisa ser interessante e carregar conteúdo relevante para o seu destinatário.

Nesse sentido, dentro de um e-mail (obtido por vontade do proprietário), é possível mostrar coisas como: mudanças na companhia, descontos especiais, conquistas da empresa, requisições de feedback para os consumidores, etc. 

Ou seja, uma empresa de transporte de cargas ou que faça locação de micro onibus, por exemplo, a qual faz uso de e-mail marketing para contatar seus clientes, pode manter os seus clientes a par de tudo que está acontecendo, colaborando para o desenvolvimento de um relacionamento mais íntimo entre marca e consumidor.

Dessa forma, considerando todas essas possíveis ações que o e-mail marketing permite, serão demonstrados a seguir alguns benefícios fornecidos por essa estratégia.

1) Mais eficiente do que trabalhos de social media

Apesar das redes sociais e do trabalho de social mídias serem extremamente importantes para o engajamento de um público consumidor dentro da internet, o e-mail marketing se mostra como um método mais eficiente de se adquirir clientes. 

Isso porque, o trabalho com social media está muito mais voltada à geração de leads (consumidores potenciais) através de uma interação com o público e estreitamento de relações. Depois dessa ação, o e-mail marketing toma as rédeas da jornada do cliente para converter esses leads em consumidores de fato.

Assim, após uma gráfica especializada na digitalização de documentos, por exemplo, conseguir o endereço de e-mail de pessoas através de mensagens no chat do Facebook, essa empresa pode aumentar as suas chances de aquisição de novos clientes em até 81%, segundo estudos da eMarketer

Por outro lado, outras táticas como social media e pesquisas em ferramentas de busca (como o Google) apresentam uma taxa de apenas 51% e 62%, respectivamente.

2) Melhor custo-benefício

O e-mail marketing é uma estratégia fácil, eficiente e barata. Ela permite que as empresas alcancem um grande número de consumidores a um custo de quase nada por mensagem. Isso é algo muito importante para pequenos negócios, tendo em vista que eles não possuem uma verba suficiente para investir em comerciais de televisão, rádio ou outras ações de marketing. 

Além disso, o contato por e-mail é uma ótima forma de uma startup, como, por exemplo, uma empresa de estamparia digital em tecidos, apresentar-se para um público. Assim, essa organização é capaz de mostrar quem ela é, no que consiste a estamparia digital e muito mais.

De acordo com informações obtidas no período entre 2010 e 2014, a cada um dólar investido em e-mail marketing, este consegue dar um retorno de 40 dólares para as empresas. Isso demonstra que as campanhas desenvolvidas com e-mail marketing são capazes de cortar muitos gastos potenciais, diferentemente de outras estratégias de publicidade como aquelas desenvolvidas para:

  • Internet;
  • Televisão;
  • Rádio;
  • Jornal;
  • Revista.

Algo que vale a pena ser dito, é que, quanto mais próximo é o relacionamento entre marca e consumidor, maior é o retorno proporcionado pelo investimento em e-mail marketing. Assim, uma empresa locadora de sala comercial compartilhada, por exemplo, pode enviar mensagens por e-mail personalizadas parabenizando consumidores na data dos seus aniversários. 

Atitudes como essa, quando precedidas de uma série de outras ações iniciais, causam um grande impacto nos usuários, colaborando para que eles desenvolvam uma intimidade ainda maior com a marca e tornando a venda mais propícia.

 3) Acessibilidade através de dispositivos móveis

Com o crescimento dos dispositivos móveis tais como celulares, tablets e notebooks, o acesso aos e-mails recebidos se tornou muito mais fácil. Ao contrário de antigamente, em que as pessoas precisavam ir até um computador fixo em sua casa ou em uma lan house, nos dias de hoje, é possível checar os e-mails recebidos independente de onde a pessoa está.

Essa acessibilidade torna o e-mail uma ferramenta de comunicação ainda mais poderosa. Com apenas um clique, um usuário pode ver a mais nova promoção de uma empresa de higienização ar condicionado automotivo, acessando ao link enviado dentro do e-mail e contratando o serviço quando desejar.

4) Mensuração

Uma característica bem interessante do e-mail marketing é que os seus resultados podem ser totalmente mensuráveis. Ou seja, não é necessário trabalhar da base do “achismo”. Através de softwares apropriados, pode-se verificar quem abriu o e-mail, em quais links a pessoa clicou e quantos destinatários ficaram indiferentes à mensagem. 

Informações como essas possibilitam que uma empresa capture o desempenho que a sua campanha de e-mail marketing está tendo. Caso ela não esteja surtindo os resultados esperados, é possível fazer ajustes e aprimorar a mensagem.

5) Personalização e customização

Dentro do e-mail marketing, pode-se segmentar o público em listas, permitindo que uma empresa envie mensagens mais de acordo com as características de cada grupo. Ou seja, para leads que acabaram de surgir de uma empresa que realiza laudo para transferência de veiculo, por exemplo, um tipo de e-mail mais informacional pode ser utilizado. 

Já para pessoas que estão prestes a contratar o serviço, pode-se apostar em uma mensagem mais profunda, procurando demonstrar todas as etapas do laudo com o intuito de mostrar ao destinatário porque essa empresa se destaca das outras.

Além disso, enquanto as redes sociais agem como um meio de comunicação de massa (as empresas atingem diversas pessoas sem considerar a individualidade delas), o e-mail marketing permite que as organizações se comuniquem individualmente com cada um dos consumidores. 

Por meio de softwares adequados, é possível desenvolver mensagens contendo o nome do destinatário, demonstrando um reconhecimento por parte da empresa a respeito da importância desse consumidor para ela. Segundo a Campaign Monitor, os e-mails os quais contêm no seu título o nome do destinatário possuem 26% mais chances de serem abertos.

Assim, o e-mail marketing se mostra como uma estratégia amigável e personalizável. A empresa que a utiliza não estará invadindo o espaço dos usuários ao contrário de outras campanhas as quais tentam forçar uma ação por parte deles.

Tendo em vista as informações passadas acima, entende-se que o e-mail marketing é uma estratégia muito importante, mas que não recebe a sua devida atenção. Ações que geram um relacionamento mais próximo através de mensagens amigáveis via e-mail são capazes de destacar uma empresa em relação aos seus concorrentes, fornecendo-a um posicionamento melhor dentro da internet.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Quero acompanhar as novidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.